Fortalecendo Cristãos no Mundo Mulçulmano

NIGÉRIA

Suportando açoites por amor a Cristo

Recentemente um pastor do Estado de Bauchi, na Nigéria, foi preso por abrigar meninas cristãs que seriam obrigadas a se casar com muçulmanos e convertidas à força ao islamismo. Ele foi acusado de sequestro e, por isso, preso. Depois de três audiências, o pastor foi libertado sob fiança, no entanto, tem de se reportar diariamente à polícia até o julgamento final.
O pastor, cujo nome não pode ser revelado por motivos de segurança, mostrou-se muito grato à Portas Abertas, pelo apoio e sincero interesse em seu caso. “Membros da equipe da Portas Abertas participaram dos processos judiciais e testemunharam a meu favor. Vocês me fizeram ver mais de Cristo e seu amor quando me socorreram em tempo oportuno. Sua presença e incentivo me fortaleceram em grande medida", ele disse.
 
Tais problemas tiveram início na vida do pastor quando o pai de duas meninas se converteu ao islã. Embora sua esposa tenha aceitado e também se tornado muçulmana, suas filhas, que eram cristãs, recusaram-se a fazer o mesmo. O pai, então, deu-lhes uma semana para mudar a sua escolha. Antes de o prazo terminar, as meninas fugiram de sua aldeia e buscaram refúgio na casa do pastor, temendo o casamento forçado com muçulmanos. As meninas foram transferidas para um local seguro, não revelado. No entanto, um jovem muçulmano viu as meninas na casa do pastor e relatou à família.
O pastor foi acusado de sequestro e enviado à prisão. A polícia revistou a casa dele, mas não encontrou nenhuma evidência para provar a sua culpa. Na prisão ele foi levado novamente, mas, desta vez, espancado. Ainda assim, o pastor não revelou o paradeiro das meninas. "Eles me açoitaram com varas, trataram como um criminoso e ameaçaram de morte", contou ele.
Após três audiências, foi concedida fiança ao pastor, com a condição de se apresentar à delegacia diariamente até a audiência final. As meninas cristãs permanecem em local seguro.
O auxílio a pastores presos é um dos âmbitos do serviço da Portas Abertas a pastores da Igreja Perseguida. 

Pedidos de oração:
 
Agradeça a Deus pela vida e ministério deste e de outros pastores de Bauchi, na Nigéria. 
Interceda pelo trabalho da Portas Abertas junto a pastores e líderes em Bauchi, para que o Senhor abençoe, dê estratégias e recursos.
 


Baixar em PDF